quinta-feira, 23 de novembro de 2017

BOLO DE BANANA (sem leite) – Com dica para aproveitar bananas muito maduras.



Vou começar com a dica!

Mas antes, preciso dizer que acho ótimo esse movimento mundial para diminuir o desperdício de alimentos, pois é assustador a quantidade de comida boa que vai para o lixo no mundo, todos os dias!

Aqui em casa aproveitamos ao máximo os alimentos.

Quando há sobras dos alimentos preparados (não dos pratos onde comemos, é óóóóbvio!!), são transformadas em outros pratos, outras receitas no dia seguinte.

Assim como aproveitamos o que podemos de todas as partes do alimento fresco, como as cascas, por exemplo.

Hoje minha dica é para que ninguém mais jogue bananas maduras no lixo!
Se você tem algumas em casa, mas está sem tempo para fazer algo com elas, descasque todas, coloque em um pote ou um saquinho limpo e congele.

Cole uma etiqueta ou sinalize de alguma forma a data do congelamento.

No dia que você quiser, é só tirar do freezer, descongelar um pouco e preparar alguma receita com as bananas.

Pode ser algumas das receitas que já temos aqui no blog, como a BANANADA (DOCE DE BANANA) COM NOZES E PASSAS, um VIRADO DE BANANA, BOLO DE BANANA COM CHIATORTA DE BANANA, ou até um sorvete que ainda vou ensinar.
Você pode ver todas as receitas, clicando aí nos nomes, ok?

Mas a receita de hoje é este delicioso BOLO DE BANANA, que está no vídeo:



Ingredientes:

  • 6 bananas nanicas* bem maduras
  • ½ xícara de óleo
  • 3 ovos inteiros
  • 1 xícara de açúcar
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 1 xícara de fécula de batata ou farinha de arroz**
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

 **Na falta da fécula, pode substituir pela farinha de trigo.


Modo de preparo:


Coloque as bananas no liquidificador, os ovos, o óleo e o açúcar. Bata um pouco e se necessário, ajude com uma espátula, pois já que não tem adição de líquidos como leite, a massa fica muito consistente.
👍Esta receita é ótima para quem tem intolerância a lactose!

Acrescente a canela, bata mais um pouco e transfira para uma tigela.

Acrescente a fécula e misture. Já a farinha de trigo, vá colocando aos poucos para o caso de perceber que não é necessário colocar toda, e caso ache que precisa de mais, coloque até dar o ponto desejado.

Essa diferença acontece pelo tamanho das bananas que podem variar.

Por último misture o fermento em pó.

Despeje em forma untada e enfarinhada (usei uma de 28 cm com 5 cm de altura).

Opcional:Polvilhe duas colheres de açúcar com uma de canela sobre o bolo antes de assar, assim formará uma crostinha levemente crocante mas deliciosa!

Leve para assar em forno pré aquecido a 210° por uns 30 minutos e pronto.

Bom apetite! 



*Dê preferencia para a banana nanica. 
Este é o nome que é conhecida aqui em São Paulo e alguns outros lugares.
Mas como eu sempre digo que o Brasil é muito grande, sabemos que as coisas tem nomes diferentes conforme a região. 
Sei que no Sul é conhecida como "caturra", e pesquisando, achei os nomes de: "banana d'água, casca verde, baé, inglesa e imperial."